Você já conhece as coleções Esquematizado e Sinopses Jurídicas? Elas são compostas por obras que, com certeza, podem ajudar a estudar as diferentes áreas do Direito. Continue lendo abaixo para entender melhor do que se tratam essas coleções e qual é mais indicada para o momento dos estudos!

Sinopses Jurídicas: conteúdo aliado à praticidade

Concisa e objetiva. Podemos dizer que essas duas são as principais características da coleção Sinopses Jurídicas, que busca contemplar o conteúdo essencial de diversos ramos do Direito de forma prática e rápida. Cada um de seus 35 volumes fora escrito por um ou mais profissionais renomados em suas respectivas áreas de atuação.

Sem dúvidas, qualquer área de conhecimento dentro do âmbito jurídico possui um certa complexidade e riqueza em detalhes de modo que, para o aluno ou concurseiro, é necessário estudar extensamente o conteúdo em doutrinas e livros para entendê-lo completamente. Tendo em vista isso, as Sinopses possuem o propósito de resumirem toda a matéria de forma que a parte mais importante é apresentada ao aluno clara e objetivamente.

Há de ressaltar, no entanto, que a intenção não é substituir os livros didáticos mais completos pelas Sinopses. O ideal e recomendado, nesse caso, é que o aluno aproveite a concisão da coleção para utilizá-la com fins de revisão – para provas acadêmicas ou concursos -, ou mesmo de introdução ao assunto.

Leia mais: Sinopses Jurídicas: conheça os 35 volumes da coleção

Esquematizado: facilitando os seus estudos

A coleção Esquematizado, assim como as Sinopses Jurídicas, tem como um de seus principais propósitos facilitar o estudo de determinadas áreas do Direito. Como o próprio nome sugere, ela traz o conteúdo jurídico em um formato esquematizado, priorizando a escaneabilidade da matéria e absorção do conhecimento por parte do aluno ou profissional.

Ao contrário das doutrinas, um livro Esquematizado foca no principal de cada parte do assunto estudado, utilizando palavras-chave e subdividindo os temas em vários tópicos para separar ainda mais o conteúdo. Quando lançado, tal coleção revolucionou o setor de livros didáticos jurídicos, visto que nada igual fora lançado anteriormente. Foi a primeira coleção a prezar por uma linguagem simples e um formato claro e objetivo.

Além da divisão em vários tópicos, há uma extensa utilização de mapas mentais e gráficos ao longo das obras. O mapa mental é um recurso muito utilizado para revisão, e visa facilitar o entendimento da relação entre os tópicos da matéria por parte do aluno. Tendo sempre o seu conteúdo atualizado, com edições anuais, os Esquematizados são fiéis companheiros dos estudantes não só acadêmicos, como de concursos também.

Leia mais: Coleção Esquematizado: tudo sobre a metodologia que facilita seus estudos

Quais as principais diferenças entre as duas coleções?

Como pudemos perceber acima, tanto a coleção Esquematizado quanto as Sinopses Jurídicas prezam por uma linguagem simples e um formato objetivo que priorize o entendimento da matéria por parte do estudante. Ou seja, são obras com um enfoque maior na forma com que o conteúdo é passado – sem, obviamente, descuidar para que ele não seja contemplado ao menos em seus principais tópicos.

No entanto, não podemos dizer, por exemplo, que estudar por um volume das Sinopses Jurídicas ou por um Esquematizado trará o mesmo resultado ao aluno. Por mais que o assunto abordado possa ser o mesmo, a seleção de informações e o formato tornam a experiência totalmente diferente. As Sinopses, por exemplo, mal possuem elementos visuais, enquanto esse é um dos fortes dos Esquematizados.

A segunda coleção citada acima, inclusive, possui um conteúdo muito maior. Sabe-se disso ao colocar, lado a lado, um volume de cada uma das coleções. Os Esquematizados são grandes, quase do tamanho de uma doutrina, enquanto as Sinopses são pequenas, em tamanho e páginas, semelhante a um livro comum.

Podemos resumir as diferenças entre as duas coleções de forma bem simples: enquanto os Esquematizados possuem uma linguagem objetiva e a matéria resumida e, de fato, esquematizada, as Sinopses são ainda mais resumidas e objetivas, focando apenas no essencial de cada assunto.

Quando cada uma delas é mais indicada para estudar?

Mesmo possuindo propósitos e formatos diferentes, ressalta-se que tanto os Esquematizados quanto as Sinopses Jurídicas são indicadas para estudar. No entanto, para utilizá-las da melhor forma, visando o aprendizado da matéria, recomenda-se que sejam adotadas em momentos diferentes do estudo.

Os Esquematizados, por serem mais completos e possuírem mapas mentais e outros elementos visando a compreensão total do conteúdo, pode ser uma boa escolha para o estudo “grosso”, mais extenso e aprofundado. A partir do momento em que o aluno já entendeu toda a matéria da prova, as Sinopses são ótimas para revisar os pontos principais, que, normalmente, são os mais cobrados não só no âmbito acadêmico, mas em concursos também.

 

Como não enlouquecer em semana de provas? Acessar material!